Em julgamento de Moro, Gilmar cita advogado misterioso com informação contra Lava Jato

Ministro Gilmar Mendes preside sessão da 2ª turma realizada por videoconferência. Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF (02/02/2021)

Do site Migalhas.

Nesta terça-feira, 9, durante fala no julgamento sobre a suspeição do ex-juiz Sergio Moro, o ministro Gilmar Mendes citou um advogado carioca.

Ministro Gilmar falou que é um personagem, “que gravita por aí”, chamado Nytalmar. Disse que ele liderava as delações no RJ, até um dado momento, e depois se tornou uma figura espúria.

O ministro contou ainda que “fizeram uma reclamação” contra o advogado e ele “foi reclamar no STJ”. E isso teria se transformado num grande problema.

O personagem em questão é o advogado Nythalmar Dias Ferreira Filho. Há diversas informações correndo pelos corredores dos tribunais indicando que ele estaria entabulando uma delação premiada.

Fonte: OAB

Notas esparsas em jornais e revistas contam ainda que ele teria gravações que prejudicariam sobremaneira tanto o magistrado da 7a vara Federal do Rio de Janeiro, como integrantes da força-tarefa da Lava Jato na cidade maravilhosa.

Nythalmar ganhou fama por defender clientes com alto poder financeiro, mesmo sendo jovem e novo no meio jurídico.

Mas depois o advogado foi acusado pelo MPF de utilizar o nome do juiz e dos procuradores para oferecer facilidades a alvos da Lava Jato.

O leitor atento do informativo Migalhas percebeu que havia algo a caminho em 25 de fevereiro, na edição 5.048, quando dissemos que:

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!