Empresário acusado de espancar a mulher, deixá-la na porta de parentes e sorrir na foto da polícia é bolsonarista e cidadão de bem

Marcelo Morelo sorri na delegacia após ser preso sob acusação de espancar a mulher (Foto: Polícia Civil de Mato Grosso / Assessoria)

Aconteceu em Sorriso, a 420 quilômetros de Cuiabá, no Mato Grosso.

Um homem foi preso suspeito de espancar a mulher na quinta-feira, dia 13.

Na delegacia, ao ser fotografado para o fichamento, ele sorriu. Sua vítima, de 33 anos, está internada em um hospital.

Marcelo Morelo vai responder criminalmente por violência doméstica e porte ilegal de arma.

Segundo a Polícia Civil, a equipe de investigadores, acompanhada por um oficial de justiça, o flagrou com uma pistola no bolso da calça.

A Beretta estava carregada com 6 balas, conta o G1.

A família dela relatou que Marcelo a deixou na porta da casa de parentes depois de tê-la agredido e ameaçada de morte.

O casal tem um filho de 11 anos e mora num bairro chamado Jardim Europa.

As autoridades informam que Morelo será encaminhado à Penitenciária Osvaldo Florentino Leite Ferreira, mais conhecida como “Ferrugem”, em Sinop, após passar por audiência de custódia.

Com 80 mil habitantes, Sorriso é conhecida como capital nacional do agronegócio.

Marcelo se define no Facebook como “sócio proprietário administrador” da MM Madeiras e dono da Milk Shake Mix.

O que chama atenção na página é a intensa militância bolsonarista.

Todas as postagens recentes são sobre seu ídolo e, claro, sobre as virtudes de ser “família”.

O pastor Malafaia também está lá, bem como críticas despirocadas ao petismo, ao MST, ao comunismo, à corrupção e ao uso de drogas, com uma foto de Freixo ao lado do ator Fábio Assunção.

O pacote completo.

Um vídeo compartilhado por ele mostra as palavras “Deus, família, Brasil” na mão de várias pessoas, como a cola que Bolsonaro levou a um debate e em seguida ao Jornal Nacional.

O perfil de Morelo é o mesmo de três casos recentes: o do Doutor Bumbum, o do professor do biologia acusado de jogar a esposa do quarto andar e o do empresário flagrado no motel com uma menina de 13 anos.