Enrubescido, tenso, Moro erra até o nome de Dallagnol enquanto se contradiz na CCJ do Senado

Sergio Moro está depondo na CCJ do Senado.

Enrubescido, tenso, gesticulando muito, a voz desafina enquanto ele muda a versão sobre a autenticidade dos diálogos revelados pelo Intercept.

“Não tenho como verificar a autenticidade das mensagens”, diz.

Em seguida: “Posso ter dito alguma coisa”, mas “de algumas não me lembro”.

Não passaria no polígrafo da CIA.

O pior, porém, é o novo nome que arrumou para o capitão da força tarefa, seu menino de ouro: “Dalaguinôu” e “Delaguinôu”.

É uma inovação. Até ontem, a pronúncia era “Dalanhol”, à italiana.

Nem isso é verdadeiro na Lava Jato.

O menino Deltan certamente ficou melindrado.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!