Epidemiologista dos EUA denuncia “catástrofe” brasileira de Bolsonaro

Bolsonaro – reprodução

O Brasil está sofrendo o impacto de um aumento alarmante de casos de Covid-19, com fatalidades chegando a mais de 4.000 em um único dia nesta terça-feira (07) e os hospitais chegando ao limite.

LEIA TAMBÉM – “Mais de 4 mil”: internautas se revoltam com o novo recorde de mortos pela covid

Nesta quarta-feira (07), o país também passou a marca de 340 mil mortos por covid, e tem 3.829 óbitos em 24 horas.

Indignado, o epidemiologista Eric Feigl-Ding, dos EUA, foi às redes sociais compartilhar uma frase do médico Miguel Nicolelis à Reuters: “Catastrófico – mais de 4.000 mortes por dia no Brasil – equivalente a mais de 6.000 / dia nos EUA (nunca alcançado). ‘É um reator nuclear que desencadeou uma reação em cadeia e está fora de controle. É um Fukushima biológico”, disse Nicolelis’.”, publicou.

Confira abaixo:

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!