Ameaçado, presidente da CPI das Fake News pede proteção policial

Publicado em 17 setembro, 2019 7:04 pm

Do Hora do Povo

O deputado Angelo Coronel (PSD-BA).
Foto: Reprodução

O senador Angelo Coronel (PSD-BA), presidente da Comissão Parlamentar Mista (CPMI) das Fake News, pediu escolta à Polícia Parlamentar por estar recebendo ameaças.

Depois de assumir a presidência da CPMI, que investigará o uso de notícias falsas e de ataques cibernéticos que podem ter influenciado no resultado das eleições de 2018, Angelo passou a receber ameaças em seu e-mail profissional.

O autor de uma das mensagens disse que iria “encher sua boca de chumbo”.

Em nota oficial, o senador disse que “está se mexendo num verdadeiro vespeiro onde pode resultar em mais provas para subsidiar processos já tramitando no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) das eleições presidenciais de 2018 e pode levar a diversos processos culminando na prisão de quem banca e para quem divulga notícias falsas, via perfil fake, visando depreciar seus alvos”.

(…)