Antes de serem abrigados pelos filhos, familiares dos Bolsonaros foram contratados por Jair

Publicado em 23 fevereiro, 2021 6:32 am

Do Estadão:

Flávio, Jair, Eduardo e Carlos: os Bolsonaro | Divulgação

Desde o início da sua carreira, o presidente Jair Bolsonaro – e depois dois de seus filhos que foram para a vida pública – empregaram integrantes da família e parentes entre si em seus gabinetes.

Embora o presidente não seja investigado, algumas dessas contratações, nas assessorias do senador Flávio Bolsonaro (quando era deputado estadual) e do vereador Carlos Bolsonaro (ambos do Republicanos), são alvos do Ministério Público do Rio.

O MP quer saber se escondem rachadinha. Trata-se do repasse de salários aos parlamentares.

Parentes da segunda ex-mulher de Jair, Ana Cristina Siqueira Valle, estão sob investigação.

Alguns passaram primeiro pela assessoria do presidente, quando  era deputado federal. Mas não há nenhuma apuração em curso a respeito disso.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!