Após garantir desmonte da Previdência e das Leis Trabalhistas, tucanos chutam Paulo Guedes

Publicado em 8 julho, 2020 7:02 pm
Bruno Araújo. Foto: George Gianni / PSDB.

Do Congresso em Foco.

O PSDB divulgou nesta quarta-feira (8) uma carta com críticas ao ministro da Economia, Paulo Guedes. No último domingo (5), Guedes afirmou ser um mito que o Plano Real foi o “melhor do mundo”. “Se o plano fosse tão extraordinário, eles não perdiam quatro eleições seguidas”, disse em entrevista à CNN.

No documento assinado pelo presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, o partido declara que o ministro da Economia não ” consegue ser parte relevante de um único momento memorável sequer da história do nosso país”.

Há também críticas aos adiamentos das reformas econômicas desejadas pelo governo. “Ficou sempre para ‘semana que vem’ a apresentação da reforma tributária, a proposta da reforma administrativa que combata privilégios, da privatização de estatais que só servem para sorver dinheiro público”.

O texto ressalta a atuação de deputados e senadores do PSDB na aprovação da reforma da Previdência e do novo marco do saneamento básico. A reforma da Previdência foi relatada na Câmara e no Senado por dois tucanos: deputado Samuel Moreira (SP) e senador Tasso Jereissati (CE).

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!