Após Moro dizer que estava tudo sob controle, assassinatos no Ceará aumentam para 170

Publicado em 25 fevereiro, 2020 4:28 pm
Sergio Moro NELSON ALMEIDA / AFP

Do Sputniknews.

No dia em que o ministro da Justiça, Sergio Moro, esteve no Ceará, foram registradas 23 homicídios no estado, fazendo o número de assassinatos durante greve de policiais militares subir para 170. 

Nesta terça-feira (25) a paralisação chegou ao seu oitavo dia, com três batalhões da Polícia Militar fechados.

As 23 mortes ocorreram na segunda-feira (24), quando o ministro participou no Ceará de uma reunião para acompanhar a operação de Garantia da Lei e da Ordem no estado. 

Ao todo, de meia-noite de quarta-feira (19) às 23h59 de segunda-feira (24), houve 170 assassinatos no Ceará. 

O motim começou na terça-feira (18), quando homens encapuzados identificados como agentes invadiram e ocuparam quarteis, depredando veículos da polícia. 

Os Policiais militares reivindicam melhores condições de trabalho e aumento salarial acima do proposto pelo governador Camilo Santana (PT). 

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!