Até Cunha quer dar sua versão sobre o filme ‘Democracia em vertigem’ e entra com pedido no STF

Publicado em 31 janeiro, 2020 6:57 am

De Athos Moura na Coluna de Lauro Jardim no Globo.

Eduardo Cunha quer falar sobre o filme brasileiro que concorre ao Oscar de melhor documentário, “Democracia em vertigem”. Como não tem veleidades de crítico de cinema, Cunha quer dar sua versão dos fatos abordados no filme de Petra Costa.

A defesa de Cunha entrou com um pedido no STF para que ele fale à revista “Veja”. O relator é o ministro Ricardo Lewandowski, o mesmo, aliás, que deu o ok para que Lula pudesse dar entrevistas ainda em seu tempo de prisioneiro em Curitiba.

Cunha impôs algumas condições para falar. Exigiu determinados modelos e marcas de equipamentos que devem ser usados e que ele seja fotografado de terno e gravata.

O ex-presidente da Câmara não dá entrevistas desde setembro de 2017, quando falou à “Época”.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!