Brasileiros na fila para deportação são tratados como ratos em prisão nos EUA

Publicado em 24 janeiro, 2020 10:01 pm

D’O Globo.

Cerca de 80 brasileiros que estão na fila para serem deportados dos Estados Unidos estão sendo mantidos em uma prisão denunciada pelas más condições no estado do Novo México. Fontes ouvidas pelo GLOBO relatam terem recebido denúncias de tratamento inadequado na prisão de Otero, como fornecimento de água amarela e uso de técnicas de “tortura mental”, como confinamento, que seriam utilizadas para convencer os detidos a não tentarem voltar aos Estados Unidos depois de deportados.

No início da madrugada do sábado, desembarcará em Belo Horizonte um voo fretado do governo americano levando de 80 a cem brasileiros. Há possibilidade de haver, entre eles, brasileiros que passaram por Otero, já que 60 dos passageiros eram detidos do CBP (Agência de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA), que abriga famílias na fronteira, enquanto os outros estavam em prisões da região de El Paso usadas pelo ICE (agência de imigração e alfândega dos EUA). A maior delas é a de Otero.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!