Campeão olímpico que recebe bolsa do governo diz que eleição de Dilma é como “ser assaltado na rua”

Publicado em 27 outubro, 2014 2:27 pm

Captura de Tela 2014-10-27 às 17.59.58

O campeão olímpico de vôlei, Nalbert, reagiu com indignação ao resultado da eleição presidencial, na noite deste domingo, 26, e postou diversas mensagens contrárias à reeleição de Dilma Rousseff.

O posicionamento político do ex-atleta, hoje comentarista do Sportv, acontece 20 dias após a confirmação por parte do Banco do Brasil de renovação por mais 12 meses do contrato com Nalbert no programa “Embaixadores do Esporte”, uma espécie de bolsa mensal para divulgar o esporte no país.

Cerca de dez minutos após a confirmação da vitória da candidata do PT, Nalbert tuitou: “É como ser assaltado na rua e chamar o assaltante para tomar uma cerveja em casa…”. A postagem deu início a diversos tipos de reação por parte dos seus 209 mil seguidores no Twitter, tanto de apoio como de reprovação. Em seguida, o ex-jogador, campeão olímpico em Atenas-2004 com a seleção brasileira masculina de vôlei, passou a retuitar os posts que criticavam o Bolsa Família. Quando foi chamado de “burguês” por um seguidor, Nalbert respondeu: “Dinheiro suado e conquistado de forma HONESTA”.

Ele é um dos 12 beneficiários do projeto do Banco do Brasil, que distribui R$ 1.5 milhão a atletas e ex-atletas do vôlei, modalidade bancada pelo banco público.

 

SAIBA MAIS

UOL

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!