Carlos Vereza afirma que não manterá apoio a Bolsonaro se TV Escola for extinta

Publicado em 23 dezembro, 2019 7:55 am
Carlos Vereza | Reprodução

Da Folha:

O ator Carlos Vereza afirma que se o presidente Jair Bolsonaro “terminar com a TV Escola, não tenho como manter meu apoio”. Vereza apresenta o programa “Plano Sequência”, da emissora, que foi lançado em evento na semana passada. A atração apresenta um panorama sobre a história do cinema brasileiro.

“[‘Plano Sequência’] seria o único acontecimento cultural de peso da administração dele, que até agora não fez nada na cultura, salvo a medida de Roberto Alvim de aumentar o teto de captação [da Lei Rouanet] para musicais”, diz Vereza, que espera que Bolsonaro reveja a decisão.

Na semana passada, o presidente defendeu o cancelamento de contrato do Ministério da Educação (MEC) com a emissora. Para ele, os programas transmitidos eram todos de esquerda e seguiam pensamento do educador Paulo Freire.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!