Celso de Mello elogia lockdown e detona Bolsonaro: “Repulsivo e horrendo grito necrófilo”

Publicado em 8 abril, 2021 12:04 am
Foto: Nelson Jr/SCO/STF

Da CNN Brasil:

Em texto enviado por Whatsapp, o ex-ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), classifica de “gesto insensato” e de “repulsivo e horrendo ‘grito necrófilo'” a recusa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de decretar um lockdown nacional por conta da pandemia da Covid-19.

Para o ex-ministro,  o gesto do presidente é “próprio de quem não possui o atributo virtuoso do ‘statesmanship'” (estadista) e se caracteriza, “em face de seu inqualificável despreparo político e pessoal”, “pela nota  constrangedora e negativa reveladora daquela ‘obtusidade córnea’ de que falava Eça de Queirós”.

Ao elogiar os resultados das medidas de restrição adotadas em Araraquara (SP), Mello afirma que Bolsonaro “tornou-se, com justa razão, o Sumo Sacerdote que desconhece tanto  o valor e a primazia da vida quanto o seu dever ético de celebrá-la incondicionalmente!!!”. Aposentado desde outubro do ano passado, Mello afirma que o presidente julga ser “um monarca absolutista ou um contraditório ‘monarca presidencial'”.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!