China deixa de comprar soja brasileira e volume de negócios cai ao menor patamar em 4 anos

Publicado em 11 março, 2019 6:27 am

 

Jair Bolsonaro. Foto: Sergio Lima/AFP

Reflexo do país em transe, as importações de soja brasileira pela China, em fevereiro, caíram ao menor volume em quatro anos.

“Os importadores não compraram muita soja brasileira”, exemplificou o analista de commodities chinês, Tian Hao, “porque estão esperando para comprar soja americana em meio ao otimismo de um acordo de comércio sino-americano”.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou que vai visitar Pequim neste ano, para “ampliar nossos negócios”, segundo informa a Folha.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!