Clarín: delação contra Temer era conhecida antes do impeachment

Publicado em 12 dezembro, 2016 12:59 pm

Do uol:

Uma análise da atual crise política brasileira publicada pelo jornal argentino ”Clarín” diz que as denúncias de corrupção prestes a engolir ao governo de Michel Temer ganham contorno de ”bola de neve”.

”Se o motivo para destituir a ex-presidente Dilma Rousseff foi ‘crime de responsabilidade’ por manobras fiscais supostamente ‘irregulares’, o que resta para a atual equipe de governo após esta denúncia?”, questiona o texto assinado pela correspondente Eleonora Gosman, em referência à delação premiada do ex-executivo da Odebrecht.

Um dos grandes problemas desta denúncia recente, diz o jornal, é que o que acaba de ser divulgado não é exatamente novidade, e já era conhecido antes mesmo do impeachment de Dilma.

”O mais aterrador do caso é que ele era conhecido antes de Temer ser consagrado presidente de forma definitiva pela votação do Senado em 31 de agosto”, diz.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!