Colunista classifica livro de Rosangela Moro como pior leitura de 2020

Publicado em 30 dezembro, 2020 11:30 pm
Sergio Moro com a esposa – Foto: Sérgio Lima/PODER 360

Rodrigo Casarin, colunista do Página Cinco no UOL, elegeu o livro “Os Dias Mais Intensos – Uma História Pessoal de Sergio Moro“, escrito por Rosangela Moro, como a pior leitura de 2020.

“A cada coluna, indico aos leitores boas obras e também os previno de eventuais ciladas. Mais do que criar um ranking com as leituras, é no dia a dia que compartilho o que vale ser lido e o que merece o desprezo”, escreveu Casarin.

Rosangela ganhou o ‘Prêmio Menino do Acre – Troféu Auto Revolucionar-se a Si Mesmo’ com o pior livro do ano.

Em 2019, esta premiação foi dada a E. L. James por “Mister” (Intrínseca).

“Neste ano, a jaca volta para o Brasil”, declarou Casarin.

Rodrigo Casarin é jornalista e especialista em Jornalismo Literário.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!