Com o bolsonarista Alexandre Garcia, CNN chega a zerar no Ibope

Publicado em 13 agosto, 2020 10:28 am
“Meus amigos morreram à toa?”: jornalista da CNN cala Alexandre Garcia quando vendia cloroquina. Foto: Reprodução/Twitter

Do UOL:

A contratação pela CNN Brasil dos jornalistas Alexandre Garcia e Sidney Rezende para o quadro Liberdade de Opinião não conseguiu reverter a crise de audiência que o canal de notícias atravessa, despencando 18 posições em julho e promovendo diversas mudanças na grade para alavancar seu Ibope. Na última segunda-feira (10), exibido entre 14h45 e 15h05, a atração opinativa chegou a zerar na Grande São Paulo.

De acordo com dados da Kantar Ibope obtidos com exclusividade pelo NaTelinha junto a fontes do mercado, nas duas primeiras semanas no ar, de 27 de julho a 07 de agosto, o Liberdade de Opinião com Sidney Rezende marcou 0,18 ponto na capital paulista,  atingindo a 20º posição no ranking de audiência. Na mesma faixa, a GloboNews marcou 0,99 de média e a liderança na TV paga.

No PNT (Painel Nacional de Televisão), no mesmo período, o placar foi de 126 mil telespectadores para a GloboNews (2º ranking) contra 35 mil da CNN Brasil (20º ranking).

O desempenho de Alexandre Garcia não alterou a baixa audiência do quadro. Enquanto o ex-jornalista da Globo esteve no ar, desde a estreia, teve média de 0,19 ponto (19º ranking) na Grande São Paulo contra 1,04 ponto (1º ranking) do canal de notícias.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!