Com voto de Cármen Lúcia e Lewandowski, STF forma maioria para manter suspeição de Moro

Publicado em 22 abril, 2021 6:43 pm
Ministra Cármen Lúcia, do STF
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

A ministra Cármen Lúcia votou formou-se maioria entre os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) para manter o julgamento da Segunda Turma que apontou a suspeição de Sergio Moro no caso do triplex.

LEIA – Em voto defendendo Moro, Barroso diz que ‘é nulo’ julgamento que declarou suspeição do ex-juiz

Votaram contra a perda de objeto da ação Gilmar Mendes, Kassio Marques, Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli. A favor de invalidar a decisão da Segunda Turma votaram apenas Edson Fachin e Luís Roberto Barroso.

LEIA MAIS – “Eu o tinha por alguém republicano. Mas com esse fundamento, não dá”, diz Marcelo Feller sobre Barroso

Rosa Weber vota neste momento.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!