Apoie o DCM

“Comunista e corrupto”: Milei ataca Lula e governo decide ignorar

O candidato de extrema-direita à Presidência da Argentina, Javier Milei, e o presidente Lula. Foto: Reprodução

O candidato de extrema-direita à Presidência da Argentina, Javier Milei, atacou o presidente Lula e afirmou que não se reunirá com ele. Durante entrevista ao jornalista peruano Jaime Bayly, ele chamou o petista de “comunista” e “corrupto” ao ser questionado sobre políticos de outros países.

O jornalista questionou a avaliação de Milei sobre Lula e o candidato se limitou a chamá-lo de “comunista”. Na sequência, Bayly afirmou que ele também seria “corrupto” e o político concordou, alegando que “por isso [ele] esteve preso”.

“Você se reuniria com Lula, como chefe de Estado?”, prosseguiu o jornalista. Em resposta, Milei afirmou somente que “não”.

Um membro do governo afirmou que Lula vai ignorar o ataque de Milei, a quem chama de “bravateiro”. “Vamos ignorar. É isso o que ele quer: nos puxar para a briga para depois nos acusar de interferência nas eleições”, afirmou um auxiliar do presidente à coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

Participe de nosso canal no WhatsApp, clique neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link