Convocação do ministro da Educação a depor mostra que governo está perdido no Congresso

Publicado em 14 maio, 2019 7:10 pm
O ministro da Educação, Abraham Weintraub (Foto: EVARISTO SA / AFP)

Do blog de Tales Faria no UOL:

A foto abaixo foi tirada na sessão desta terça-feira (14) da Câmara, durante a votação do requerimento de convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, para explicar amanhã no plenário os cortes de verbas para universidades e escolas públicas.

Como se pode ver, praticamente todos os líderes partidários encaminharam a favor da convocação, contrariamente ao que queria o governo. Somente dois partidos votaram “Não”: o PSL do presidente Bolsonaro e o Novo.

Isso significa que o ministro será exposto durante horas a fio a uma saraivada de críticas públicas dos deputados no mesmo dia em que estão programadas manifestações em todo o país contra o Ministério da Educação e os cortes promovidos pelo governo.

(…)

Os líderes do chamado Centrão (PP, MDB, DEM, PR, PRB e SD, entre outros) anunciaram, que não só fariam obstrução à votação das MPs como também que passavam a  apoiar proposta da oposição de convocar o ministro para depor em plenário.

Ou seja, consolidou-se uma enorme maioria contra o governo.

(…)