Coronavírus já matou pelo menos 10 professores em SP

Publicado em 11 abril, 2020 11:17 pm
Sala de aula. Foto: Wikimedia Commons

Do Acontece

(…)

Até agora já morreram dez professores de COVID-19, o primeiro foi José Ferreira da Cruz, 59 anos, aposentado de um cargo de Diadema, mas continuava trabalhando,depois noticiaram a morte da professora Sandra Sampaio de Oliveira,de 50 anos da escola Estela Borges Morato.

O também professor Valdir Azevedo era conhecido no Jardim Elba, na Zona Leste de São Paulo, por ensinar futebol voluntariamente para as crianças da comunidade. Morreu também o Conselheiro da APEOESP Claúdio Ferro da região de Itaquaquecetuba, grande São Paulo, entre outros.

Infelizmente isso é apenas o começo, pois nem sabemos quantos estão doente e nem quantos estão com esse vírus incubado.

É preciso que a APEOESP juntamente com os professores cobrem uma indenização dessas famílias, pois morreram por causa do trabalho.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!