Deputado do PDT que votou a favor da reforma contraria partido pela 2ª vez; a primeira foi no impeachment de Dilma

Publicado em 11 julho, 2019 5:08 pm

Do Estado de Minas

O deputado Subtenente Gonzaga

Pela segunda vez em quatro anos o deputado Subtenente Gonzaga (PDT) ignorou a decisão de seu partido em votação no Plenário da Câmara.

Na primeira vez, em 2016, ele apoiou o impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT) e, na noite de quarta-feira (10), foi favorável à aprovação da reforma da Previdência, contrariando novamente a orientação do PDT, que fechou questão contra as mudanças nas regras de aposentadoria.

O parlamentar lamentou ataques de lideranças do partido contra aqueles que apoiaram a proposta de reforma e cobrou serenidade para resolver a divergência interna.

“O partido fechou questão desde março contra a aprovação da Previdência, mas tivemos avanços no texto, alguns inclusive por sugestão do PDT. Então é preciso considerar esses avanços”, afirmou Gonzaga.

(…)