Diretor da Anvisa diz que não concorda com tese da “imunidade de rebanho”, defendida por Bolsonaro

Publicado em 11 maio, 2021 1:22 pm
Antônio Barra Torres depõe na CPI da Covid.
Foto: Reprodução/TV Senado

Em depoimento na CPI da Covid, nesta terça-feira (11), o diretor-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antônio Barra Torres, afirmou que discorda da tese de que a “imunidade de rebanho” ajudaria a combater o vírus com mais rapidez

Perguntado pelo senador Humberto Costa (PT-PE) sobre a teoria, defendida pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ele afirmou categoricamente: “Não”.

Foi mais um dentre os muitos pontos em que Barra Torres tergiversou de Bolsonaro.

“Eu acho que o presidente devia ouvir muito mais o senhor. Está mostrada uma cisão dentro da cidadela bolsonarista”, disse Humberto Costa.

Acompanhe a CPI ao vivo:

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!