Dois jovens da Mocidade morrem com Covid-19 em menos de 24 horas

Publicado em 26 abril, 2020 7:47 pm
Rodrigo Magalhães Pacheco, de 29 anos, conhecido na escola como Rodrigo Richard Foto: Acervo pessoal

DO GLOBO

Em menos de 24h a Mocidade Independente de Padre Miguel perdeu dois componentes com suspeita de Covid-19. Rodrigo Magalhães Pacheco, de 29 anos, conhecido na escola como Rodrigo Richard, morreu na sexta-feira e foi sepultado no sábado, à tarde, no Cemitério Jardim da Saudade, em Paciência, na Zona Oeste. No mesmo dia em que Rodrigo era sepultado, a agremiação anunciava em suas redes sociais o falecimento de Adilson Santos. Outro componente, Vagner Prata, de 40, faleceu no dia 11 e, segundo parentes, o teste feito no hospital onde estava internado deu positivo para coronavírus.

– É uma tristeza grande. Eram pessoas que viviam o nosso cotidiano. Eram presentes no dia a dia da escola. Gente do bem e querida por todos. A escola está de luto – lamentou Marco Antônio Marino, o diretor de carnaval da Mocidade.
(…)

Já Vagner Prata faleceu no dia 11. Segundo a mulher dele, Fabricia Prata, de 41, o resultado do teste que deu positivo para Covid-19 ficou pronto no dia 10, mas a família só teve acesso a ele depois da morte do marido, que estava internado no Rocha Faria, onde dera entrada ela segunda vez na mesma semana.

– Chegaram a falar na possibilidade de alta e três horas depois ele morreu. Me senti enganada pelo hospital. Como ele estava em isolamento a gente não tinha noção visual da realidade e contava apenas com a informação que o hospital passava uma vez por dia aos familiares dos pacientes – reclamou.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!