Doria chama professores de preguiçosos e diz que salário é condizente com o merecimento

Publicado em 21 fevereiro, 2020 10:15 pm
O governador de SP, João Doria
Imagem: WILSON DIAS/AGÊNCIA BRASIL

Da Folha:

O governador João Doria (PSDB) afirmou nesta quinta-feira (20) que os professores da rede estadual paulista são bem pagos, mas que São Paulo “não remunera professores para ficarem em casa tomando suco de laranja e sendo preguiçosos”.

A declaração foi feita em visita do governador à região de Presidente Prudente, no interior do estado, horas antes de sua gestão anunciar reajuste à categoria. Em seu trajeto, ele passou por protestos de docentes da rede estadual reivindicando melhores salários.

Em entrevista a jornais locais, ele afirmou: “Os professores estão sendo sim bem remunerados, mas remunerados de acordo com a sua produtividade. São Paulo não remunera professores para ficarem em casa tomando suco de laranja e sendo preguiçosos. São Paulo remunera professores que trabalham, esses merecem remuneração, atenção e respeito.”

Doria lembrou ainda o pagamento de bônus por desempenho, ao qual têm direito professores de escolas que atingem metas do Idesp, índice estadual da educação básica —em sua fala, ele confundiu com o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), que é nacional.

“E [São Paulo] remunera também em especial esses que atingem os índices do Ideb, esses professores e professoras estão sendo contemplados com mais recursos à medida que cumprem sua missão”, afirmou.

(…)