Em caso inédito desde o fim da ditadura, PM de Doria filma manifestantes nas galerias da Alesp

Publicado em 11 dezembro, 2019 8:40 pm
Filmando sem pedir licença (Imagem: DCM)

Em um caso inédito desde o fim da ditadura, a Polícia Militar do governador João Doria ocupou um puxadinho da Assembleia Legislativa de São Paulo para filmar manifestantes nas galerias da Casa.

Os deputados estão debatendo o plano de reforma da Previdência Estadual e é forte a pressão de grupos de servidores contrários ao projeto.

Munidos de câmeras, os PMs chegam a Alesp para filmar os manifestantes na galeria do plenário (Imagem: DCM)

Os PMs chegaram sem pedir autorização e só pararam de filmar após reiteradas reclamações de deputados da oposição ao presidente da Alesp, Cauê Macris.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!