Euro a R$ 6 e pandemia provocam retorno massivo de alunos brasileiros de Portugal

Publicado em 13 junho, 2020 7:44 am
Universidade em Portugal

Da Folha:

Graças à língua em comum e à simplicidade de seus processos seletivos, Portugal se transformou em um dos maiores destinos dos estudantes brasileiros no exterior.

A pandemia do novo coronavírus e a alta do euro, porém, podem provocar um êxodo de alunos brasileiros. A situação afeta tanto quem já está no país quanto aqueles que tinham planos de viajar neste ano. Principal referência para os brasileiros em Portugal, a Universidade de Coimbra sofreu uma redução de 20% nas candidaturas de alunos estrangeiros em relação ao mesmo período do ano anterior.

A desvalorização recorde do real frente ao euro é uma das principais razões. A moeda europeia, que começou o ano com cotação de R$ 4,50, chegou ao fim de maio em R$ 6,36. Como muitos estudantes, sobretudo os da graduação, são mantidos na Europa com recursos que a família envia do Brasil, a permanência em Portugal acabou inviável.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!