Executivo da Odebrecht que delatou Aécio, Lobão, Accioly e Diogo Mainardi é encontrado morto

Publicado em 17 setembro, 2019 9:01 pm
Henrique Valladares, executivo da Odebrecht e delator, foi encontrado morto

Ex-vice presidente da Odebrecht, Henrique Valladares foi encontrado morto em sua casa, no Rio de Janeiro, nesta terça-feira, dia 17.

Em sua delação premiada, Valladares acusou Aécio Neves e seu partido, o PSDB, de terem recebido valores do Setor de Operações Estruturadas da empreiteira.

Apenas Aécio teria recebido R$ 50 milhões. Valladares também acusou o ex-ministro de Minas e Energia de Dilma, Edison Lobão, de receber R$ 5,5 milhões em propinas.

Tornou púbica a relação com lideranças indígenas. “Esse cara se tornou até meu amigo, tenho até um cocar lá em casa. O chefe da tribo lá é o Antenor Karitario. Pagava para ele R$ 5 mil por mês, depositado na conta da esposa. E mais R$ 2 mil para o Orlando que deve ser outro cacique lá da tribo”, declarou.

Citou ainda a CUT e falou de Diogo Mainardi, um dos donos do blog Antagonista, vazador oficial da Lava Jato.

Em depoimento gravado, contou que viu “o cara do Manhattan Connection” — Mainardi — no restaurante Gero, jantando com Aécio e Alexandre Accioly, proprietário da academia Bodytech e laranja do tucano.

Mainardi disse na ocasião que “esse delator inventa coisas”.