Flamengo desautoriza homenagem a Stuart Angel, atleta do clube morto pela ditadura

Publicado em 1 abril, 2019 7:38 pm
Flamengo. Foto: Agência Brasil

Da BandSports:

O Flamengo soltou uma nota oficial nesta segunda-feira, 1º, para negar que tenha participação em uma homenagem a Stuart Angel, o filho de Zuzu Angel, que foi atleta do clube e morto pela ditadura.

O colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, divulgou que o rubro-negro teria estampado o nome de Stuart em uma camisa do clube como maneira de relembrar o golpe militar de 1969.

Hildegard Angel, irmã de Stuart, chegou a divulgar uma foto da peça em sua conta no Twitter. “Camiseta do Flamengo lançada neste 31 de Março para celebrar o heroísmo de seu atleta bicampeão do Remo, Stuart Angel. Além do nome, ela traz a idade com que seu remador foi morto pela Ditadura Militar #MengoSempre #StuartVive”, escreveu.

No entanto, o Flamengo se eximiu de responsabilidade sobre o ato e afirmou que, “por ser uma verdadeira Nação, formada por mais de 42 milhões de torcedores das mais diversas crenças e opiniões, não se posiciona sobre assuntos políticos. A homenagem citada na nota foi realizada diretamente por um grupo de sócios e torcedores do Clube, sem nenhuma participação da instituição – algo que, inclusive, é estatutariamente vedado”.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!