Heleno relata que Abin monitorou “maus brasileiros” na Conferência do Clima da ONU

Publicado em 16 outubro, 2020 6:22 pm
General Heleno

General Heleno resolveu falar a verdade sobre como o governo Bolsonaro está monitorando pessoas através da Abin.

Ele escreveu na rede social.

No Twitter:

“Aos ‘patriotas’, que acham que o Brasil não precisa de ‘inteligência’: 1- A ABIN, pela Lei 9883/99, tem competência legal para acompanhar a COP 25; 2- Preceitos da Política e da Estratégia Nacional de Inteligência atendem exclusivamente os interesses do Estado;

3- Em 17 Dez 19, a ABIN publicou em seu site, de forma transparente, matéria com o título ‘ABIN integra a COP 25’; 4-Lamentável q nomes dos servidores tenham sido divulgados. Isso mostra desconhecimento da legislação e compromete a segurança funcional dos agentes de inteligência;

5- Deplorável a visão míope de alguns sobre Inteligência de Estado. Temas estratégicos devem ser acompanhados por servidores qualificados, sobretudo quando envolvem campanhas internacionais sórdidas e mentirosas, apoiadas por maus brasileiros, com objetivo de prejudicar o Brasil;

6- A ABIN é instituição de Estado e continuará cumprindo seu dever em eventos, no Brasil e no Exterior”.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!