Ignorando a lei e a civilidade, deputado bolsonarista diz que Alckmin errou ao não executar todos os líderes do PCC

Publicado em 7 janeiro, 2020 7:47 pm

Pelo Twitter, Sargento Fahur, deputado bolsonarista, parabenizou a Policia Civil do DF pela operação ‘Guardiã 61’ que, segundo ele “desmantelou uma célula do PCC na capital federal, prendendo membros dessa organização”.

Ele ainda diz que “o aparecimento do PCC no Brasil foi uma falha gigantesca de autoridade na época [governo Alckmin], que deviam ter matado todos os líderes já no início e hoje não estaríamos a mercê dessa facção criminosa”.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!