“Inabitável”: delegação australiana se recusa a ficar na Vila Olímpica

Publicado em 24 julho, 2016 3:33 pm

Do Uol:

 

Se a ideia do comitê organizador da Rio-2016 era oferecer neste domingo uma primeira amostra do que serão os Jogos Olímpicos realizados no Brasil, a primeira impressão esteve longe de ser positiva. A abertura da Vila Olímpica para atletas teve longas filas, reclamações de delegações e relatos de objetos furtados no interior do condomínio.

O Comitê Olímpico da Austrália classificou a Vila como “inabitável”. O site australiano “The Age” publicou que as reclamações da delegação incluem pias vazando, sanitários entupidos e escadas sem iluminação, por exemplo. O teor das críticas foi confirmado pelo UOL Esporte com membros de pelo menos outras duas delegações que chegaram à Vila neste domingo.

O UOL Esporte também ouviu relatos sobre falta de uma série de objetos no interior dos apartamentos. Um funcionário da Vila contou que a situação é decorrente de furtos praticados durante a construção do empreendimento e que o comitê organizador agora corre para repor os utensílios retirados.

“[Sumiram] algumas coisas, sim. Mas você pode ter certeza que de dentro da Vila elas não saíram. Nós temos aí as Forças Armadas, e vocês viram a burocracia que é para entrar. Essas coisas devem estar em outro lugar aqui dentro”, disse Janeth Arcain, ex-jogadora de basquete e prefeita da Vila.

A Vila já sido alvo de reclamações de várias delegações antes mesmo da entrega do equipamento. Durante a semana, alguns países cobraram modificações na estrutura de suas acomodações. Estados Unidos, Holanda e Itália, segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, chegaram a custear pequenas mudanças, o que é prática recorrente em Jogos Olímpicos.