Irritados com Roger e Malafaia, médicos de Bolsonaro decretam fim de ‘entra-e-sai’ no hospital

Publicado em 14 setembro, 2018 10:36 am

Da Coluna Radar da revista Veja.

Pegou muito mal na equipe médica do hospital Albert Einstein, em São Paulo, a intensa agenda de visitas ao candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL).

Os médicos proibiram a alta rotatividade dos últimos dias, que incluiu o cantor Roger e o pastor Silas Malafaia.

Argumentam que o estado de saúde em que Bolsonaro está é incompatível com tamanha movimentação.

Roger, um dos que passaram pelo leito de Jair bolsonaro (reprodução)
Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui.

Clique aqui e assine nosso canal no youtube