Julgamento de Lula atrai jornalistas de mais de 10 países

Publicado em 20 janeiro, 2018 10:09 am

Do Poder360:

O julgamento do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, marcado para a próxima 4ª feira (24.jan.2018), será acompanhado de perto pela imprensa internacional. De acordo com o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), estão credenciados jornalistas da Inglaterra, Estados Unidos, China, Japão, Alemanha, França, Espanha, Dinamarca, Catar e Argentina.

Além dos 43 correspondentes estrangeiros, cerca de 250 profissionais de imprensa do Brasil terão acesso às áreas destinadas à cobertura jornalística do julgamento. A sessão vai ser transmitida ao vivo pelos canais oficiais do TRF-4 no Youtube e no Periscope. As 4 câmeras HD instaladas na sala de sessão da 8ª Turma vão mostrar todos os detalhes, da abertura à leitura do relatório, passando pela manifestação do MPF e dos advogados da defesa e pelos votos dos desembargadores.

Desde que a data do julgamento foi confirmada pelo tribunal, em dezembro, dezenas de atos favoráveis e contra o petista são programados. A transmissão ao vivo será feita principalmente para evitar grandes multidões em Porto Alegre (RS), onde fica o TRF-4. Mesmo assim, a capital vai ficar movimentada no dia.

O espaço fica a cerca de 500 metros do tribunal. Avenidas da região ficarão limitadas para o tráfego de ônibus dos movimentos. Em contrapartida, os manifestantes não poderão acessar o Parque Harmonia, ao lado do TRF-4.

….

Lula convocou o advogado britânico e conselheiro da rainha, Geoffrey Robertson, para acompanhar o julgamento. Inicialmente, apenas os advogados do petista poderiam participar da sessão. O desembargador Leandro Palsen autorizou a presença do britânico na sala de julgamento no próximo dia 24.

O pedido foi feito pela defesa porque Robertson representa o ex-presidente na Comissão de Direitos Humanos da ONU. Segundo os advogados de Lula, o caso envolve “grosseiras violações a garantias fundamentais ocorridas nesse processo que será julgado”.