Lava Jato entrega 1 bi à Petrobras, depois de gerar prejuízo que pode ter chegado a 160 bi

Publicado em 9 agosto, 2018 12:21 pm
Equipe da Lava Jato

A força-tarefa da Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná registrou nesta quinta-feira (9) a devolução de cerca de R$ 1 bilhão à Petrobras, por meio de acordos de colaboração premiada e leniência. Este é o maior valor já ressarcido à estatal de uma única vez.

A notícia saiu Folha e o G1 e deve ser divulgada com bastante destaque em outros veículos da velha mídia, aliada da Lava Jato.

Os tolos certamente aplaudirão, sem se darem conta de que o valor corresponde a menos de 10% do valor provisionado para reembolsar os investidores americanos, num acordo que foi celebrados nos Estados Unidos antes que a estatal brasileira fosse condenada em processo aberto pelos escândalos gerados pela força tarefa.

Desde 2014, quando se iniciou a operação Lava Jato, comandada pelo procurador Deltan Dallagnol e pelo juiz Sérgio Moro, até este ano, a Petrobras já registrou uma redução no seu patrimônio de R$ 160 bilhões, como registrou o jornal Valor Econômico desta em março.

No ano passado, a Petrobras teve seu quarto prejuízo anual consecutivo, quando registrou perdas de R$ 466 milhões, impactada pelo provisionamento de R$ 11,2 bilhões para pagar investidores dos Estados Unidos.

O valor de mercado da companhia hoje é de R$ 292,4 bilhões e o patrimônio líquido vale R$ 269,6 bilhões; em 2013, antes da Lava-Jato, o patrimônio líquido era de R$ 350 bilhões