Lula rebate artigo da revista Piauí que o intriga com Dilma

Publicado em 8 novembro, 2014 9:00 am

O ex-presidente Lula divulgou em sua página no Facebook nesta sexta-feira 7 um texto rebatendo um perfil da presidente Dilma Rousseff publicado na edição de outubro da revista Piauí. “Lamento profundamente que a edição de outubro de Piauí tenha atribuído a mim declarações e atitudes que não correspondem à realidade”, escreveu o petista.

Segundo o ex-presidente, não têm procedência os comentários sobre Dilma atribuídos a ele, e que teriam sido feitos a empresários. “Nos últimos quatro anos, não recebi em minha casa nem ofereci pizza a nenhum empresário”, afirma. “Entristece-me o fato de ver minha família mencionada nessa teia de futricas, sem ter a chance de repudiá-las antes da publicação.”

Ele afirma ainda que o Instituto Lula não foi procurado “para confirmar, retificar ou esclarecer o que foi publicado” e que a reportagem, assinada por Daniela Pinheiro, “abusa de fontes anônimas, recorre a narrativas de segunda e terceira mão, mas não cumpre a regra básica de conferir o que foi apurado”.

O perfil de Dilma é intitulado “A afilhada rebelde”, e traz a seguinte chamada: “O estilo, as ideias, as decisões e a ambígua relação de Dilma com Lula”. O texto traz supostas conversas que teriam acontecido entre Lula e empresários e até um encontro com um eles na casa de Lula, em São Bernardo, onde teriam pedido uma pizza. Nesse dia, Marisa, mulher do ex-presidente, teria chamado Dilma de “ingrata, falsa e traidora”.

Leia abaixo a íntegra da resposta de Lula:

Na edição de outubro, a revista piauí publicou matéria “A afilhada rebelde”, sobre a presidenta Dilma Rousseff, afirmando inverdades atribuídas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na edição deste mês, a revista publica a carta enviada por Lula (leia abaixo) junto a uma “Nota da Redação”, novamente com mentiras baseadas em fontes anônimas. Reafirmamos que, mais uma vez, as informações não foram checadas e não correspondem a verdade.

“Lamento profundamente que a edição de outubro de Piauí tenha atribuído a mim declarações e atitudes que não correspondem à realidade.

A reportagem abusa de fontes anônimas, recorre a narrativas de segunda e terceira mão, mas não cumpre a regra básica de conferir o que foi apurado.

A assessoria do Instituto Lula não foi procurada para confirmar, retificar ou esclarecer o que foi publicado.

Ao invés de informar, Piauí rebaixou-se a difundir o “disse me disse” de personagens ocultos.

Não têm procedência os comentários sobre a presidenta Dilma Rousseff, atribuídos a mim, em supostas conversas com empresários, muito menos fora do país. Nos últimos quatro anos, não recebi em minha casa nem ofereci pizza a nenhum empresário.

Entristece-me o fato de ver minha família mencionada nessa teia de futricas, sem ter a chance de repudiá-las antes da publicação.

Reitero minha decepção pelo mau jornalismo praticado em uma revista com as ambições editoriais de Piauí”.

Luiz Inácio Lula da Silva

Saiba Mais: 247

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!