Mandetta rejeita demissão de secretário Wanderson Oliveira

Publicado em 15 abril, 2020 5:12 pm

Da Folha:

Em reunião na tarde desta quarta (15) com deputados da comissão externa que analisa propostas para o combate à crise da Covid-19, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, reafirmou que deve sair do cargo —embora tenha dito que não saiba quando ou quem será seu sucessor.

O ministro ainda afirmou que o pedido de demissão do secretário de vigilância em saúde, Wanderson Oliveira, não foi aceito por ele e nem pelo secretário-executivo da pasta, João Gabbardo.

Os parlamentares presentes entenderam o movimento como uma afronta à vontade de Jair Bolsonaro (sem partido). Oliveira é um dos principais nomes do Ministério da Saúde à frente das ações de controle do coronavírus, o que inclui as recomendações de isolamento social rejeitadas pelo presidente.

(…)

LEIA TAMBÉM: “Sairemos do ministério juntos”, diz Mandetta ao lado de assessor

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!