Ministro da Defesa ameaça golpe e diz que sem voto impresso não haverá eleição

Publicado em 22 julho, 2021 6:41 am
O ministro Walter Braga Netto, durante sessão em comissão da Câmara Foto: Reprodução/TV Câmara

O ministro da defesa, general Braga Netto, avisou o presidente da Câmara, Arthur Lira, que sem voto impresso não tem eleição no ano que vem. A frase dele vai ao encontro do que vem sendo ventilado pelo próprio Bolsonaro nos últimos tempos.

A informação é do Estadão e mostra que o general mandou o recado. Que Braga Netto teria usado um interlocutor político para dizer que, sem voto impresso e “auditável” não haveria eleição em 2022.

Além disso, o ministro da Defesa deixou claro que tem o apoio dos chefes do Exército, Marinha e Aeronáutica. O recado assustou Lira, que chegou a comentar com um grupo pequeno que está vendo a situação como gravíssima e que estava preocupado porque via o recado como ameaça de Golpe.

Por isso, o presidente da Câmara chegou a procurar Bolsonaro para dizer que não o apoiaria em ruptura das instituições.

O recado aconteceu pouco antes de Bolsonaro decidir trocar um nome forte das Forças Armadas por Ciro Nogueira, líder do Centrão, e chateado os militares.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!