Na França, greve contra reforma da Previdência pode durar até o Natal

Publicado em 7 dezembro, 2019 8:03 pm
Protesto na avenida dos Champs-Elysees, em Paris Foto: BERTRAND GUAY / AFP

Do RFI:

A greve nos transportes continua na França e em Paris, no terceiro dia de mobilização em protesto ao projeto do governo de reforma das aposentadorias. Trens e nove linhas de metrô continuavam bloqueados na capital, neste sábado (7), e deve continuar interrompida neste domingo (8) e segunda (9). Uma nova jornada de mobilização está prevista para a próxima terça-feira (10).

(…)

Os três principais sindicatos que representam a SNCF, a companhia de trens francesa, pediram neste sábado um reforço da mobilização, depois uma reunião que aconteceu em Montreuil, perto de Paris. A companhia pediu aos usuários que evitem as estações, que podem se tornar “perigosas” em razão do grande número de pessoas nas plataformas e os poucos trens disponíveis.

O secretário-geral da CGT, um dos mais representativos da França, Laurent Brun, disse que o prolongamento da greve até o Natal não está descartado, caso o governo não volte atrás em suas propostas. Uma situação que complicará a vida dos franceses no período de fim de ano.

Paralelamente à paralisação dos transportes, os coletes amarelos também voltaram às ruas de Paris neste sábado e de outras cidades francesas. Em Nantes, houve tumulto entre manifestantes e a polícia.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!