“Não chora não, mãe”, disse menina de 5 anos antes de morrer baleada no Rio

Publicado em 13 novembro, 2019 2:50 pm

Do Uol

Ketellen Umbelino de Oliveira Gomes, de 5 anos, morreu após ser baleada em uma troca de tiros. A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) está investigando as circunstâncias da morte, depois de tiros partirem de um carro que passava pela Praça da Cohab, em Realengo.

A menina de 5 anos Ketellen Umbelino de Oliveira Gomes confortou a mãe e tentou acalmá-la após ser atingida por um tiro em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro. Ketellen foi levada a um hospital, ainda na tarde de ontem, mas não resistiu e morreu. O relato foi feito pela tia-avó Daisy da Costa.

“Ela tava caída no chão e a Jéssica [mãe] contou que ela dizia: ”Mãe, não chora não, mãe’. Aí ela voltou correndo para pedir socorro”, contou Daisy, no RJ1, jornal da TV Globo.

Ketellen ia para a escola com a mãe. Após ser baleada, ela foi atendida, passou por cirurgia, mas seu quadro piorou e ela morreu no começo da noite.

De acordo com a polícia militar, um carro passou pelo local e os tiros acertaram Ketellen e o jovem de 17 anos, que também morreu.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!