‘Não há como aceitar uma família de ditadores’, diz presidente da OAB sobre fala de Carlos Bolsonaro

Publicado em 9 setembro, 2019 11:29 pm
Felipe Santa Cruz, presidente da OAB. Foto: Reprodução/Twitter

Reportagem de Thais Arbex na Folha de S.Paulo informa que o presidente nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Felipe Santa Cruz, reagiu às declarações do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) e afirmou que “não há como aceitar uma família de ditadores”. “É hora dos democratas do Brasil darem um basta. Chega”, disse Santa Cruz à Folha na noite desta segunda-feira (9).

De acordo com a publicação, filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), Carlos escreveu em seu perfil no Twitter que, por “vias democráticas”, não haverá as mudanças rápidas desejadas no país. “Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos… e se isso acontecer. Só vejo todo dia a roda girando em torno do próprio eixo e os que sempre nos dominaram continuam nos dominando de jeitos diferentes!”, escreveu o vereador.

Antes de escrever que não haverá transformações rápidas no país por vias democráticas, Carlos afirmou que o atual governo tenta colocar o Brasil “nos eixos”, mas que os “avanços são ignorados, e os malfeitores esquecidos”. A postagem de Carlos repercutiu rapidamente entre seus seguidores. Parte dos internautas encarou a manifestação como uma defesa à ditadura e chamou o vereador de “golpista”. A família Bolsonaro é conhecida pela exaltação ao período da ditadura militar, que vigorou no Brasil de 1964 a 1985, completa a Folha.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!