O rambo da “S.W.A.T” que escoltou Lula foi segurança de Bolsonaro durante a campanha

Publicado em 3 março, 2019 9:12 am

Caiu na rede um imagem que compara a do policial que usava colete com escudo da S.W.A.T ontem na escolta de Lula com a do homem que atendeu Bolsonaro no dia em que este levou a facada em Juiz de Fora.

Parece a mesma pessoa, e talvez seja.

Agente estrangeiro infiltrado? Não é crível.

É apenas o mesmo policial, que trabalhou na segurança de Bolsonaro — por lei, cedida pela PF — e agora porta metralhadora para escoltar o ex-presidente.

O Diário da Região, jornal de São José do Rio Preto, publicou um breve perfil dele, quando se destacava na segurança de Jair Bolsonaro.

É Danilo Campetti.