Pacaembu é concessionado e será administrado pela iniciativa privada por 35 anos

Publicado em 16 setembro, 2019 1:26 pm

Da Folha

Estádio do Pacaembu em São Paulo (Wikimedia Commons/Reprodução)

O prefeito Bruno Covas (PSDB) assinou a concessão do estádio do Pacaembu por 35 anos. O contrato, firmado entre a Prefeitura de São Paulo e o consórcio Patrimônio SP (formado pelas empresas Progen e Savona), foi firmado no salão nobre do Pacaembu na manhã desta segunda-feira (16).

O consórcio prevê entregar o estádio renovado em julho de 2022, ou seja, daqui a dois anos e meio. As obras devem começar no primeiro semestre de 2020, com duração prevista de 28 meses.

O cronograma começa a contar efetivamente após a assinatura da ordem de serviço, que deve acontecer até o final de setembro, segundo previsão da administração municipal. Com a ordem de serviço em mãos, a concessionária tem 30 dias para entregar todos seus planos e programas para o complexo, que inclui ginásio, piscina e quadras de tênis.

(…)