Palmeiras desafia a Globo e não manda jogadores para entrevista ao SporTV

Publicado em 17 abril, 2018 11:09 am

O Palmeiras não mandou ninguém para a tradicional entrevista ao programa Bem, Amigos, no canal SporTV, da Globo. O motivo é que o clube atribui à emissora o resultado da final do Campeonato Paulista. Na decisão, o árbitro voltou atrás na marcação de um pênalti depois que o comentarista de arbitragem, Paulo César de Oliveira, disse que não havia sido pênalti. Para o Palmeiras, a Globo decidiu o campeonato.

Esta é uma questão que vai além da paixão futebolística e, por isso, nas redes sociais a atitude do Palmeiras tem sido elogiada (não por torcedores apaixonados adversários), por não se curvar à pressão da emissora de televisão. Se outros seguirem o mesmo caminho, a emissora diminui de tamanho. O problema no Brasil não é só a ousadia da Globo, é o temor da sociedade.

Disse o apresentador da Globo, meio sem graça:

“O Palmeiras está dizendo que nenhum jogador quis falar hoje com…, mas nós sabemos que o Palmeiras vive aí, recentemente, em função da história da final do Campeonato Paulista, do lance do gol de pênalti (?!?), enfim…”. E arrematou:

“Se alguém quiser nos dar a honra, a cadeira está lá absolutamente à disposição. Se não, é uma pena, porque o torcedor do Palmeiras não tem nada a ver com a irritação da direção e dos jogadores do Palmeiras. Bem que ela gostaria de ouvir alguns de seus jogadores”…

Conversa.

Com a internet, a torcida do Palmeiras (e de todos os outros clubes) não precisa de intermediário para receber notícias (e interagir) com o time.