Paulo Guedes quer acabar com gastos obrigatórios em saúde e educação

Publicado em 10 março, 2019 7:43 am
O economista Paulo Guedes, ministro da Economia – Fernando Frazão/Arquivo/Agência Brasil

Em plena guerra para aprovar a reforma da Previdência, o ministro da Economia, Paulo Guedes, diz que o governo articula a tramitação de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) no Senado para mudar o chamado pacto federativo, acabando com as despesas obrigatórias e as vinculações orçamentárias.

Em entrevista ao Estado, a primeira para um veículo de comunicação nacional desde que tomou posse no cargo, realizada na representação do Ministério da Fazenda no Rio, ele afirma que a proposta dará aos políticos 100% do controle sobre os orçamentos da União, Estados e municípios, e não deverá prejudicar a aprovação da reforma da Previdência.

“Os políticos têm de assumir as suas responsabilidades, as suas atribuições e os seus recursos”, diz Guedes. Atualmente os governos têm obrigação de investir parte do orçamento em Saúde e Educação.

(…)

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!