PF faz busca e apreensão no Ceará para apurar repasses da JBS a grupo de Cid Gomes

Publicado em 16 outubro, 2020 9:39 am
Cid Gomes

A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira, 16, mandados de busca e apreensão contra empresas que teriam sido utilizadas pela J&F, dona da JBS.

Segundo as investigações, elas repassaram R$ 25 milhões ao grupo político de Cid Gomes, irmão de Ciro.

A ação foi batizada de Marquetagem, já que a maioria dos alvos são empresas do setor de marketing e propaganda.

De acordo com um jornalista cearense, a PF decidiu preservar a imagem de Cid e viaturas que teriam ido a seu apartamento pararam a um quarteirão.

Isso teria evitado fotos de viaturas em frente ao edifício onde ele mora no bairro da Aldeota, em Fortaleza.

A investigação é parte da Operação Lava Jato Eleitoral, que começou em 2018 com delação premiada dos executivos do Grupo J & F.

A Justiça Eleitoral de Fortaleza também expediu mandados para São Paulo e Salvador.

Cid é autor da famosa frase “Lula tá preso, babaca”.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!