PGR vê decisão de Gabriela Hardt sobre Tacla Duran como tentativa de intimidação

Publicado em 15 junho, 2020 7:13 am

 

Gabriela Hardt. Foto :Eduardo Matysiak

Da Época:

A decisão da juíza Gabriela Hardt, da 13a Vara Federal em Curitiba, de levantar o sigilo de uma investigação contra Rodrigo Tacla Duran, a pedido da força-tarefa da Lava Jato no MPF, irritou o gabinete do procurador-geral da República, Augusto Aras.

Viram como uma tentativa de intimidar Tacla Duran a recuar na negociação de uma delação premiada.

Agora, o clima na PGR é que virou questão de honra fechar um acordo com o advogado, frente à pressão para que não haja colaboração.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!