Polícia de Nova York vai investigar suásticas e discurso de ódio no Queens

Publicado em 14 janeiro, 2020 2:54 pm
Reprodução: Twitter

Da Veja:

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse na segunda-feira 14 que a polícia do estado vai investigar um discurso de ódio e um carro vandalizado com suásticas no bairro de Queens. O caso se insere no aumento do antissemitismo não só em Nova York, mas também nos Estados Unidos como um todo. Houve pelo menos nove incidentes e ataques antissemitas na cidade e nos arredores nas últimas semanas.

Em dezembro passado, houve um tiroteio em um mercado kosher em Jersey City, no estado vizinho de Nova Jersey, e cinco pessoas foram esfaqueadas – incluindo um rabino – durante as festividades de Chanucá na cidade de Monsey, estado de Nova York.

“Estou indignado com a proliferação de suásticas e discursos de ódio que apareceram no Queens nesta manhã. Este gritante ato antissemita pretende incitar e espalhar o câncer do ódio que tem permeado esta nação nos últimos anos”, disse o governador.

Cuomo acrescentou que está ao lado dos nova-iorquinos que condenam esses ataques odiosos, sejam eles cometidos por meio de pichações ou de atos violentos. Ele já havia anunciado a expansão do policiamento nas comunidades judaicas após o ataque em Monsey. “Vamos continuar a denunciá-los em qualquer lugar e a qualquer momento”, completou.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!