Policiais são suspeitos de envolvimento no atentado a bomba à casa de dirigente do PT

Publicado em 30 junho, 2020 6:44 am

Do Estadão:

A Polícia Militar abriu uma investigação para apurar a participação de policiais em um atentado a bomba contra a casa da presidente municipal do PT em Nuporanga, no interior de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira, 29. Imagens de uma câmera de segurança mostram uma viatura da PM sendo usada na fuga de um homem logo após a explosão na casa da dirigente, Mariene Guioto.

Os policiais envolvidos foram afastados do serviço operacional, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) estadual. O caso foi denunciado por deputados estaduais petistas nas redes sociais. Segundo a PM, a instituição instaurou o inquérito “assim que tomou conhecimento das imagens”.

No vídeo, um homem corre em direção à viatura da PM enquanto um clarão aparece na imagem. O homem vai até a viatura e entra logo após a explosão, sentando-se no assento do passageiro, e a viatura arranca em seguida.

“Me solidarizo à Mariene e à militância de Nuporanga e peço para o governador investigar urgentemente e punir os envolvidos.”, escreveu o deputado estadual Emídio de Souza, que publicou o vídeo nas redes sociais.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!