Prefeito do Rio de Janeiro dá calote de R$ 230 milhões no BNDES

Publicado em 16 outubro, 2019 7:45 am
Marcelo Crivella (Marcos Corrêa/PR/Flickr)

Prefeitura do Rio de Janeiro deixou de pagar, no mês passado, uma parcela de R$ 230 milhões ao BNDES, referente à juros de sua dívida com o banco.

Após o calote, o prefeito Marcelo Crivella tenta agora negociar com o governo de Jair Bolsonaro o adiamento para fevereiro do pagamento das prestações que iriam de outubro a dezembro. Em nota, o Banco Nacional do Desenvolvimento afirmou que, de acordo com seus normativos internos, o BNDES está solicitando as garantias relacionadas à parcela vencida em setembro de financiamento junto à prefeitura do Rio de Janeiro. Uma vez que os pagamentos forem retomados, o Banco está à disposição do município para renegociar os valores. Os valores, segundo reportagem da “Folha de S.Paulo”, somam R$ 400 milhões, mesma quantia anunciada, na segunda-feira, pelo prefeito para investimentos em obras de infraestrutura na cidade. As intervenções, a maioria de recapeamento de vias, estão previstas para ficarem prontas no ano que vem, ano eleitoral.

Informação é do Globo.